domingo, novembro 11, 2007

Arte e Literatura

Enfim, ao ver estas imagens e outras que coloquei no blogue Escrevedoiros, constata-se que a arte contemporânea está viva e recomenda-se, que procura novas formas, novos materiais, novos meios de expressão. Que é fácil gostar de muitas destas obras, mesmo quando não se entende a ideia.
E com a literatura, o que é que se passa? Passa-se que também não!

Os escritores "queixam-se" de que têm de escrever algo que se venda e que são obrigados a promover o livro como produto, não devem promover-se a eles mesmos, mas sim ao livro.
Escrevem romances históricos com uma estrutura idêntica à dos romances do século XIX, ou por mais inovação ao estilo do nouveau-roman, de meados dos Sec. XX.
Os que escrevem de outra maneira serão obrigados a mudar de estilo ou a pagarem eles as custas da edição, da promoção, etc.
Muito custa neste país ser diferente!

2 comentários:

fantasma disse...

fixe o teu blog

Nádia Jururu disse...

Olá Fantas. Obrigada e apareça por aí.