terça-feira, agosto 11, 2009

Sopa de Beldroegas à Alentejana

Onde encontrar as beldroegas: nas lojas biológicas onde são caras ou nas bordas dos caminhos, onde são gratuitas.

Fazer uma sopa com batatas às rodelas, cebola às rodelas e dois dentes de alho inteiros.
Acrescentar as beldroegas e, quando estiver quase pronto, acrescentar ovos escalfados e queijo fresco.
Como acontece com muitas sopas alentejanas, esta é uma refeição completa, ou seja, não se come mais nada.

Li agora os pormenores, noutro blogue: faz-se um refogado com a cebola, deita-se tudo a cozer. No fim, põem-se no prato fatias de pão e cobrem-se com a sopa, os ovos e os queijos.

4 comentários:

Anónimo disse...

Nasceu um pé num vaso que a tua irmã está a guardar para quando vieres nas férias. Devem ser identicas às biológicas porque só levam água da chuva sol e vento.

Um abraço

Intebe

Nádia Jururu disse...

Ah!Experimentamos esta sopa.
Se não ficar bem, vamos comer ao restaurante da cruz. Ou a Alpendurada. Ou é Alvarenga? LOL.

Anónimo disse...

na minha rua há muitas , mijadas pelos cães e cheias de enxofre vão secando por causa dos ratos !

Nádia Jururu disse...

Pois, as das ruas de Lisboa não são muito boas para comer, também tem a poluição dos carros, mas na província podem comer-se à vontade, são biológicas porque ninguém as aduba. A ua rua é em Lisboa? O enxofre é para quê? Também tenho visto muito por aí.