quarta-feira, julho 31, 2013

Porque é que Camões não usava as consoantes mudas que caíram com o AO?

Realmente, a oposição ao acordo ortográfico parece ser mais psicológica do que lógica.

Pessoas inteligentes e cultas não têm medo nem vergonha de dizerem e escreverem as maiores bacoradas, como se estivessem apenas a contar anedotas.

Este post do blogue Em Português Grande demonstra isso claramente.

Mostra, também, que Camões não usava as consoantes mudas que caíram com o AO, nem mesmo (por sistema) muitas que caíram em 1911, com uma polémica maior do que a atual.

É o caso de "«ninfas», «profeta», «cristalino», «fantasia», «Olimpo», etc., palavras que na posterior fase cultista passaram a escrever-se «nymphas», «propheta», «crystallino», «phantasia», «Olympo» “ .

Porquê? Porque foram introduzidas posteriormente, como preciosismos barrocos.



Andamos todos a brincar aos pobrezinhos

Esta frase "brincar aos pobrezinhos" veio mesmo a  propósito da situação de crise que o país atravessa.

Quando a li no Expresso, em caixa, não percebi o que queria dizer, mas parece-me que ninguém percebeu: uma  filha-família queque diz que passa férias na Comporta, a "brincar aos pobrezinhos".

Por aqui se vê como as nossas elites são... completem com  palavra que acharem bem.

E no sábado vai haver uma invasão da Comporta por um bando de "pobrezinhos" arrebanhados à pressa no Facebook. Está tudo doido.

Coloco aqui um link para uma crónica interessante sobre este tema, que diz isto:

" Para [Warren] Buffet, o direito de herança que faz dos filhos dos ricos ricos e dos pobres pobres significa querer ganhar os Jogos Olímpicos de amanhã com os descendentes da equipa dos jogos de há 40 anos."

"Talvez por isso, Warren Buffett assumiu, numa entrevista a CNN, que "há guerra de classes, com certeza, mas é a minha classe, a classe rica, que está a fazer a guerra, e estamos a ganhá-la". Recordou ainda que só paga 17% de impostos, enquanto os seus empregados pagam 33% ou 41%."



Conclusão: enquanto decorre a luta de classes referida por Warren Buffett, não apenas rico mas uma das pessoas mais poderosas do mundo, uma luta de classes que nos passa despercebida, nós andamos todos a brincar aos pobrezinhos e um dia paramos de brincar e acordamos... pobrezinhos. Ou já somos?

terça-feira, julho 30, 2013

Valores e necessidades

Para podermos tomar uma decisão, precisamos normalmente de perguntar e ficar a saber os preços das coisas. Como quando queremos escolher um hotel, um ginásio, um sítio de retiro...

E de repente ficamos a saber que já não existem preços! Os preços, agora, chamam-se valores e os valores dependem das "nossas necessidades" - reparem na palavra. Isto acontece, sobretudo, com sítios caros ou não concorrenciais, para evitar que os escolhamos pelo preço...

- Quais são as suas necessidades?

Convidam-nos a sentar-nos, fazem-nos umas 50 perguntas, quase todas íntimas, algumas quase inconfessáveis, sem garantirem o segredo da confissão e, quando estamos a sentir-nos inferiorizados, miseráveis, marginalizados, então sim, dizem-nos os valores.

Frisando: estes valores são para as suas necessidades. Para outras pessoas com diferentes necessidades, os valores poderão ser muito diferentes.

Quase a perder a paciência, num ginásio que fica perto do meu, muito inferior e quase com o mesmo preço, exclamo:

- Este ginásio tem ou não tem piscina? Tem ou deixa de ter piscina conforme as minhas necessidades?
- Não tem. -  confessa finalmente a criatura.
- E os valores? - pergunto, já com ironia e irritadíssima.
- Só posso dizer os valores depois de lhe fazer o inquérito para avaliar a sua situação e ficarmos a saber quais são as suas necessidades.

Tão humilhados nos sentimos no fim do inquérito, que, quando nos dizem os valores adequados para as nossas necessidades, não nos passa pela cabeça dizer que achamos caro. LOL.

Como num ginásio, onde acabei por descobrir, após o interrogatório, que apenas havia uma salita com meia dúzia de máquinas. Enfim, negociei com o meu, o Holmes Place e alteraram os "valores" para metade.

António Barreto: Alguém fala "loud and clear"



Barreto culpa "todos os partidos" pela "ameaça terrível de bancarrota"
António Barreto: Responsáveis que comprometeram Portugal devem ser conhecidos “para os impedir de voltar a fazer política”

Obrigada, António Barreto.

De facto, toda  gente parece considerar normalíssimo que os políticos façam tudo o que lhes apetece, que empobreçam Portugal e os portugueses, como se fosse um seu privilégio...

Até quando?


Blogues novos

Apaguei alguns blogues que não eram atualizados há muito tempo (quase todos se esgotam rapidamente por falta de assunto e vou apagar mais) e acrescentei novos, bem como duas revistas online. e talvez acrescente mais em breve.
Ver, do lado direito, ao fundo

segunda-feira, julho 29, 2013

domingo, julho 28, 2013

Palavras do Papa censuradas?



(Foto da net)

Algumas das declarações do Papa Francisco no Brasil mereciam um destaque de primeira página, pela sua novidade absoluta.
Pede aos jovens que vão para a rua lutar contra a corrupção e pela justiça social, dá o exemplo de Cristo, que não se conformou nem teve medo de lutar. 

São ideias do raro catolicismo de esquerda, sem qualquer expressão no Vaticano, até agora e isso deveria ser notícia.

Diz que compreende os que perderam a fé pelo mau exemplo dos religiosos. 


Mas todas estas palavras aparecem discretamente em notícias que as referem vagamente.

Pior é o caso em que o Papa declarou, insistindo, que um ateu pode ir para o céu e a "Santa Sé" vem desmentir. Só vai para o céu quem for católico, se lhe foi dado conhecer a religião católica, dizem eles. 

Mas quem quer ir para o céu dos pedófilos moralistas e padres? Ou mesmo bispos? Cardeais?

Os jornais até censuram os blogues de esquerda, em posts que elogiam o Papa Francisco.
E esta imagem do papa com um cocar dos índios, no lugar da Tiara? Quase tão extravagante um como a outra? Não é notícia? Porquê?


Só falta começarem a dizer de Francisco o que dizem de Mário Soares, quando este último afirma o óbvio - que está senil.

sábado, julho 27, 2013

Franciscos






(Fotografias da net)




Francisco disse também que se une aos que "perderam a fé na Igreja, e mesmo em Deus, devido à incoerência dos cristãos e dos ministros do Evangelho”.

Este é um novo Papa é o protagonista da transformação que vinha sendo prenunciada e até mesmo desejada por Bento XVI. Acusam-no de ainda não ter feito nada. Não fez nada? A palavra não é ato? A escolha  do nome foi logo o primeiro ato, simbólico e radical: nunca tinha havido um Papa Francisco, pois Francisco de Assis lutou em vão contra a opulência da Igreja, já na Idade Média. A Igreja Católica continuou a ser opulenta.

Quanto ao anterior, João Paulo II, tem sido também falado por estes dias: vítimas de abusos sexuais pedem ao Papa Francisco que não o canonize: sua indiferença perante os casos de pedofilia não anuncia nenhuma espécie de santidade. Antes permitiu que a Igreja continuasse a corromper-se. Quem lê este blogue, sabe que nunca gostei dele e sim de Bento XVI.

E a ONU pede ao Vaticano que colabore com  a justiça laica, apresentando as provas que tem, pois até aqui os padres são julgados só pela Igreja.


sexta-feira, julho 26, 2013

Está tudo mal, mas é melhor não mudar nada

É claro que há muita coisa errada na nossa economia, no nosso trabalho e em tudo, mas ninguém quer mudar nada.

Está tudo mal, mas é melhor não mudar nada, porque pode ficar ainda pior.

VALE MUITO A PENA LER ESTA ENTREVISTA DO EXPRESSO DE AMANHÃ

“Se recorremos a contratos semestrais é porque não sabemos recrutar”

Citações:

"Diz-se que o sucesso é quando a sorte aparece para quem está preparado. E eu sinto que grande parte das pessoas não estão preparadas para aproveitar a sorte."


"Muitas organizações portuguesas não sabem como atrair e lidar com o talento. Isto tem um reflexo típico na legislação laboral nacional."


"Como é que se ganha essa capacidade de produzir mais?
Não é aumentando horas de trabalho. Os gregos trabalham mais 200 horas que nós. Alargar o horário de trabalho não vai produzir nenhuma melhoria. Ironicamente, acho que o Estado deveria aumentar os feriados. Tenho certeza que aumentando 10 feriados por ano no país, a produtividade aumenta."


Nadinha


Às vezes a atitude política , seja ela qual for, obnubila-nos, outras vezes, seja ela qual for, esclarece-nos.

Autora: Nadinha

quinta-feira, julho 25, 2013

Tudo ao contrário!

Tenho uma amiga não virtual, a Teresa, muito New Age, que frequentemente exclama:

- Tudo ao contrário. Está exatamente tudo ao contrário!

Às vezes, digo eu, é tudo ao contrário. A Nadinha é demasiado irónica para ser ou para não ser New Age.

Vejo agora que morreu hoje um boxeur, ou boxista  importante no mundo dos boxeurs. Era gay. Bissexual.

Um dia, um adversário chamou-lhe gay e logo a seguir ele matou-o, no ring. Estava irritado por lhe chamarem gay. Tudo bem. No problem. É óbvio que um boxeur de barba rija não pode ser gay e muito menos pode permitir que lhe chamem gay. Está claro. Não está? Chamou-lhe gay, matou-o.

Esse senhor, que acaba de morrer de morte natural, com 72 anos confessou um dia:

"Matei um homem e fui desculpado, amei um homem e nunca me perdoaram."


Refiro-me a Emile Griffith

O nascimento de um rapaz





Para nós, republicanos, o bebé que nasceu, neto da rainha de Inglaterra, não é um príncipe e sim um cidadão como qualquer outro, incluindo a cidadã sua avó.

Mas a comunicação social consegue transformar este nascimento em algo de muito extraordinário e inédito.

O que nos vale é que também transmite o contra poder. Como se vê nestas imagens, cartoon e capa de revista satírica.

O Título Mulher tem um bebé nunca podia ser notíci ade 1ª página e ainda existe o acrescento informando que dentro da revista também se fala de algumas outras coisas. Traduzi, para quem não entende inglês.

Também é engraçada a expressão do cartoon "Bébé Real" - pela ambiguidade: real de realidade, real de régio. sim, quem precisa de toda a atenção da sociedade, senão o bébé real?

quarta-feira, julho 24, 2013

New Look dos Carteiros






Sinal dos tempos, esta profissão tão pouco dada a modernices, mudou de indumentária e de estilo, pelo menos em Lisboa.

Os carteiros usam calções, camisa de manga curta, coletinho e arrastam atrás de si um Bobby. Muitas pessoas começam a  chamar Bobby a estes carrinhos que rolam atrás de nós como um cãozinho Bobby. Podem ser pastas, carrinhos de compras, malas... porque será que antigamente éramos obrigados a carregar com tudo?

O maior problema dos carteiros, deles e nosso, recentemente, era precisamente que muitas vezes não traziam as encomendas por serem pesadas, fingindo que nós não estávamos em casa. Será que vai tudo mudar?

Também vi dois carteiros sem uniforme nenhum, só com o Bobby, que em breve será objeto de coleção, com o lindo design dos CTT.

Um uniforme de homem com calções? Em Portugal? Sinal dos Tempos.

Livraria Sá da Costa



A Livraria Sá da Costa, que já foi editora, acaba de comemorar o seu centenário. E os seus trabalhadores acabam de ser informados de que a livraria vai ser encerrada. Fica situada mesmo no Chiado, como sempre ficou, mas sofre atualmente a concorrência de grandes marcas, não só das livrarias Bertrand e Fnac: as marcas muito caras de roupa, calçado, etc., pretendem adquirir aquele espaço.

Como nuca devemos baixar os braços, foi apresentado um manifesto, no próprio dia em que a casa completava cem anos, e aqui temos uma petição online, sugerindo à Câmara Municipal de Lisboa que resolva o problema, pois tem modos de o fazer.


Para já, continua aberta, apesar das previsões de que fecharia no dia 22 de Julho.

terça-feira, julho 23, 2013

O QUE ME IMPORTA A MIM O GANAPO INGLÊS?

ALGUÉM ME EXPLICA O QUE ME INTERESSA A MIM O GANAPO QUE É O NETO DA RAINHA DE INGLATERRA? 

E O QUE ME INTERESSA A MIM A INGLATERRA, PAÍS SEMPRE  DENTRO E SEMPRE FORA (QUASE SEPRE A ENTRAR E QUASE SEMPRE A SAIR) DA UNIÃO EUROPEIA? 

NÓS, PORTUGUESES, NÃO SOMOS REPUBLICANOS HÁ SÉCULOS? CONSENSUAL E QUASE UNANIMEMENTE? 

E SE ACENDESSEM LUZES AZUIS OU COR-DE-ROSA NAS CATARATAS DO NIAGARA E MAIS NÃO SEI AONDE, DE CADA VEZ QUE UMA CRIANÇA E A SUA MÃE MORREM DE FOME? SE FOR MENINA, SE FOR MENINO... 

E DUPLO COR-DE-ROSA PELA MÃE E PELA FILHA VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA, VIOLAÇÃO, ESTUPRO, GENOCÍDIO?

ISTO TEM ALGUMA COISA A VER COM A MODERNIDADE?

VER NOTÍCIA CLICANDO AQUI

Novo herdeiro da coroa britânica é um rapaz


E

Cataratas do Niágara canadenses iluminadas de azul por bebê real


segunda-feira, julho 22, 2013

Terra Imunda?

Bem, o Terra Imunda já tem mais seguidores. Um mocinho, garoto de Ipanema, já há uns tempos e um Rui, que talvez seja um dos muitos ruis primos da Nadinha. Ou será o Calafona? Será que o maior apreciador deste blogue, que passas mais tempo nele do que eu, não é seu seguidor? 
Creio que também há a mais um seguidor do Facebook. Os outros são do blogger. E todos amigos virtuais da Nadinha.

Entendo que não é fácil fazer like neste blogue: para além das generalidades, a atitude política é sobretudo anarquista e, nesse aspeto, muito coerente. Mas nada coerente com as políticas e os políticos que têm ou ambicionam o poder.

Beijinhos. Bom Verão para os do hemisfério Norte, bom Inverno para os do hemisfério Sul. Tenham paciência, queridos, mas o vosso Inverno, para nós, é Verão. E nós só temos unzinho por ano.

(Calafona: não fique chateado / a / os / as. Estou só a brincar consigo. Gostava que se manifestasse. Até agora "manifestou-se sem se manifestar", que foi o que disse Fernando Pessoa de Almada Negreiros.)



sexta-feira, julho 19, 2013

Mulheres no Mundo

Uma jovem norueguesa foi violada no Dubai. Ao apresentar queixa, foi presa e condenada a 16 meses de cadeia por ter mantido relações sexuais fora do matrimónio. Com a agravante de ter bebido álcool e talvez muitas outras.

Ainda bem que esta rapariga acha o caso ridículo, como todos nós, mas como se sentirão as mulheres dessa terra? Culpadas, humilhadas, transformadas num zero humano...

A Noruega vai defendê-la e, seguramente, este julgamento e esta situação irão ajudar as mulheres árabes muçulmanas, que não têm direitos nenhuns.



quinta-feira, julho 18, 2013

Exames - Finalmente, põe-se o dedo na ferida (Parte 2)


Mais de 70% de negativas no exame nacional de Português na António Arroio

A escola artística do Porto, equivalente à António Arroio em Lisboa, teve 80 por cento de negativas.

O principal problema é sempre o exame de português, mas o assunto tem sido pouco falado.
Esperemos que, desta vez, a comunicação social faça uma investigação a sério.


quarta-feira, julho 17, 2013

Exames - Finalmente, põe-se o dedo na ferida

Nos últimos anos, este blogue tem demonstrado à evidência que os exames  do 12º ano de Português estão mal feitos, sendo essa e só essa a explicação de muitos descalabros, individuais e coletivos, com as classificações: alunos com notas extraordinárias têm negativa ou 10 no exame, alunos que mal sabem escrever têm 18.

O artigo do Público abaixo citado afirma o mesmo, mas é pena que sejam os encarregados de educação a porem o dedo na ferida.

Sugere-se ao Jornal Público e ao Expresso que façam uma aprofundada reportagem sobre esta situação, que só não é anedótica porque chega a ser trágica, para muitos.

Professores esperam melhor nota no exame de Português da 2.ª fase (Esta notícia só estará online amanhã, hoje está no jornal em papel)

(Para consultar outros posts deste blogue sobre o assunto, clicar abaixo na tag Exames do 12º Ano. Aparece este post, seguido de todos os outros.)

terça-feira, julho 16, 2013

Oh, que pena! Ganharam os touros, em Pamplona




Nas festas de San Firmin, em Espanha, com corridas de touros e touradas, este ano ganharam os touros.


Na notícia abaixo, clicar no link e ver fotos 70 e 71. LOL.

Espanha: corrida de touros em Pamplona deixa 23 feridos

domingo, julho 14, 2013

Mensagem do Papa, este domingo



Estas mensagens é que são revolucionárias. O bom samaritano, que faz o que acha justo, ao contrário do sacerdote que foge, é esse o exemplo a seguir... muito melhor o seu exemplo, do que as orações, os sacrifícios... 

De facto, a igreja católica, pelo menos a portuguesa, fica-se pelas missas e pelos aplausos ao poder, seja ele qual for... o que é muito útil, para quem pratica esta vassalagem. Completamente inútil em termos de evolução da humanidade.

Entenderá  a igreja católica este Papa?

Os ateus receiam muito que este Papa seja assassinado pelo beatério católico que se sente muito bem neste meio de corrupção. Que, a  ser verdade o que diz Francisco, usa o banco Ambrosiano para lavar dinheiro do crime, estabeleceu um lobby gay e pratica abertamente a pedofilia, escolhendo as vítimas entre os catecúmenos. Um ateu nunca teria feito acusações mais graves do que as que foram feitas pelo Papa de Roma. 

Ver aqui, no Facebook  a mensagem para este domingo, 14 de Julho de 2013


"Dio vuole la misericordia più che i sacrifici. Il Buon Samaritano è colui che mette in pratica la volontà di Dio prendendosi cura del prossimo. Il Samaritano è l’esempio dell’amore per il prossimo."

(Papa Francesco oggi all’Angelus a Castel Gandolfo)

sexta-feira, julho 12, 2013

Exames de português do 12º ano (ainda)

Preparar os alunos para a vida, dotando-os do conhecimento da língua, do poder da interpretação e da escrita, da fortuna da metáfora, ou prepará-los para estes exames?

Mais uma vez os resultados dos exames de português são surpreendentes. E mais até do que o usual: todos os estudantes diziam que o teste era fácil, que lhes tinha corrido muito bem e surgem 55 por cento de negativas e uma média negativa.

Por uma vez sem exemplo, a Associação de Professores de Português critica a primeira prova (do dia da greve) apontando que duas das perguntas de interpretação são ambíguas e os critérios de resposta  a essas perguntas não contemplarem nenhuma espécie de ambiguidade (Isto, segundo o DN.).

Para quando escandalizarmo-nos com a pobreza mental destes exames, em termos de cultura literária, obrigando os professores a darem aulas como se fossem abéculas, ou carneiros e ovelhas que seguem os rebanhos, submetidos que são à pressão dos rankings? Que tranquilidade para ensinar a língua portuguesa e as suas maiores expressões de liberdade, como a poesia e o romance?


Este ano teve ainda uma novidade: um exame extraordinário, motivado pela greve, muitíssimo mais fácil do que o primeiro e com o Gave a aceitar o critério subjetivo de cada professor, pela segunda vez e de forma explícita, embora o tivesse deixado implícito na primeira prova.

E a procissão vai no adro: ainda falta a 2ª Fase.


Por que tem o ensino do português de se sujeitar a critérios tecnocráticos? Medo da liberdade? Limitação mental dos pedagogos, classe execrada pelos professores e desconhecida dos alunos? 

quinta-feira, julho 11, 2013

A carrasca Assunção Esteves e o carrascão

Fica bem citar Simone de Beauvoir. Mas ficou mal a Assunção Esteves citá-la para reprimir uma manifestação que pedia a demissão do governo e da assembleia da república.

Afirmou que era necessário rever as leis para impedir aquele tipo de manifestação e citou a grande feminista:


Pois não. Não podemos deixar que a criatura Assunção esteves, reformada aos 42 anos, nos crie o costume de aceitar tudo e de comer e de calar.
Num assomo de erudição, desculpando-se e roubando todo o sentido à citação, afirmou que a frase quer dizer: "que quando as pessoas nos perturbam, não devemos dar atenção".

Carrasco ou carrascão, acaba por ser a mesma coisa. Carrascão: aumentativo de carrasco.

Os bons políticos são como os bons vinhos, os políticos fracos são como um fraco carrascão.


Discurso cabalístico e hermético de Cavaco Silva

Depois de muito comentar, os comentadores políticos perceberam que não tinham percebido nada do que disse o Presidente da República. Quem vão ser os ministros? Há alguns do PS? Qual vai ser o papel da tal personalidade respeitada por todos os partidos? Existe alguma? É ele próprio? Vai ficar tudo na mesma e o PS é obrigado a concordar com este governo? Por que faria isso?

Foi um discurso digno de Hermes Trimegisto e da Sibila Cassandra.

Só se compreende mesmo uma coisa: vai ser preciso mais um milagre da Nossa Senhora de Fátima para que se entendam os três partidos, dois de direita no governo e um de esquerda na oposição, quando os dois de direita no governo não se entendem. Milagres todos os dias ou arrufos todos os dias.

VER AQUI NOTÍCIA

E que faz Paulo Portas? Demite-se outra vez?

quarta-feira, julho 10, 2013

Big suspense: a era do vazio


Cavaco Silva fala ao país pelas 20h30

É tal a expectativa, que até houve tempo e disposição para fazer bonecos como este, que encontrei no Facebook.

O que será que o povo português espera desta importante declaração de Cavaco Silva?

Nada.

Dirá que aceita tudo e mais alguma coisa, sem colocar condições, que aceita o novo governo, que está tudo ótimo, apesar de haver pequenos problemas... que nunca lhe passou pela cabeça mudar coisa nenhuma.

Um discurso de tal vacuidade, como todos os outros.
Mário Soares acusa-o de ter falta de cultura e de não dizer nada de jeito. De facto... ver aqui.


Cavaco tem «pouca cultura» e é «vingativo», garante Soares

segunda-feira, julho 08, 2013

Papa Francisco em Lampedusa



Vão parar a Lampedusa, porque os acolhem nessa ilha italiana, emigrantes que atravessam o mediterrâneo em busca de terras de abundância. Os poucos que sobrevivem à viagem, são muitas vezes recebidos a tiro nas praias dos países europeus desenvolvidos.

Ninguém fala deles: são pretos, são árabes, são chineses ou indianos.

Os direitos das pessoas não são sempre os mesmos. E a Igreja Católica colabora nesta atitude, sempre ao lado dos poderes.

Papa Francisco, católico alternativo, foi a Lampedusa levar as televisões de todo o mundo e arrastar as consciências de todo o mundo, veiculando uma igreja de pobres e para pobres. Deslocou-se num automóvel barato, beijou os pobres e deitou ao mar esta coroa de flores com as cores do Vaticano, em memória dos emigrantes pobres que pereceram nos mares.


Que linguagem é esta? Uma linguagem que só os ateus de esquerda entendem.

Que distância entre este Papa e o Vaticano, Que distância entre este Papa e a igreja católica portuguesa!
Apetece virar católico extravagante, como o Papa.

O Milagre do Cardeal

Com a imagem que têm neste momento o governo e o PR perante o povo português, só um milagre do cardeal faria que esses mesmos fossem aplaudidos de pé à entrada nos Jerónimos.

Que gente é esta que assim se manifestou e que nunca se manifesta?

Como pode o povo português identificar-se com esta religião e com esta gente? 

Estará a religião católica a aproximar-se de ser uma minoria em Portugal? Uma minoria extravagante... só semelhante aos "Jeovás".

Esta é a igreja dos privilegiados que ganham com a crise.

VER AQUI 

Palmas para D. Manuel Clemente, Cavaco Silva e Passos Coelho

Esta não é, seguramente, a mesma igreja do Papa Francisco, que hoje foi a Lampedusa levar o foco das atenções mundiais para os miseráveis emigrantes ilegais, perseguidos nos países desenvolvidos após terem visto as portas da morte ao longo de viagem verdadeiramente épicas. 

VER AQUI 
Papa Francisco foi a Lampedusa "chorar os mortos que ninguém chora"

Tão longe que a Igreja está do Papa!


OUTRA OPINIÃO:

O aplauso

domingo, julho 07, 2013

Precisamos de milagres

Pena as nossas galinhas serem ignorantes e os nossos políticos não fazerem milagres, como este

Pastor diz ter falado com Deus por intermédio de uma galinha


Como vêem se lerem, este pastor é político e esta galinha fala línguas estrangeiras e é interpretada, digamos, traduzida, por um galo.


Que fará o PR? Provavelmente nada, como sempre

A situação política em Portugal é tão esquisita, neste momento,  que nem a tenho referido.
Paulo Portas saiu do governo e voltou a entrar com mais poderes, supõe-se que agora será ele o verdadeiro primeiro ministro, que antes era Vítor Gaspar, o que foi cuspido e ficou tão assustado que se demitiu.

Os analistas políticos, com grande ingenuidade, quase todos esperam que o presidente da república não aceite este governo e proponha outro, com outro primeiro ministro. Esperamos até terça feira para ver o que faz.

Como até agora nunca fez nada e nunca tomou nenhuma posição, provavelmente não vai fazer nada outra vez, ou seja, vai dar posse a esse novo governo.

As notícias já ignoram qualquer intervenção presidencial, como se o PR não metesse prego nem estopa.

Portas é vice-primeiro-ministro com coordenação económica, troika e reforma do Estado

Os que acreditam em Cavaco, acham que vai trazer um governo coordenado por alguém do PSD, que não o pateta do atual PM. Propõem Rui Rio. Eu proponho Manuela Ferreira Leite.


FMI admite erros, outra vez

É tão anormal esta situação de admitir erros, esperemos que ajudem agora a corrigi-los. Embora não o digam explicitamente, é claro que se referem a Portugal. Pode ser que esta seja a solução para Portugal.


FMI diz que ajuste orçamental não tem de ser levado ao máximo e admite erros

E Aqui

O erro do FMI abalou a confiança nos "ajustamentos" 


De onde se destaca esta frase:"Querer fazer reformas profundas durante uma recessão é como pedir a uma pessoa que se está a afogar para aprender a nadar, em vez de a salvar primeiro".

sábado, julho 06, 2013

Vale a pena lutar


Iniciativa cidadã faz recuar privatização da água na Europa (Clicar Por Cima)

A água de todo o mundo está para ser privatizada e talvez mesmo monopolizada por uma empresa. Portugal tem mais água do que a maioria dos países, sendo que alguns quase não têm nenhuma. É um problema social muito grave.

Problema social que se agravará muito mais se a água, que agora é tendencialmente gratuita, vier a  ser vendida por multinacionais a quem a puder comprar. Fala-se na Nestlé e no Monsanto.

Se for para beber... sendo algo de essencial à vida...


quinta-feira, julho 04, 2013

Avaliação de Professores

- Bem, tu podes optar entre três pessoas, para seres avaliada.
- Ai sim? Quais?
- Uma é a coordenadora disto e daquilo.
- Pois, mas essa não dá muito bom a ninguém, porque já sabe que nunca terá muito bom, por isso, se desse muito bom a alguém, ficava atrás dessa pessoa. Qual é a  outra?
- A coordenadora disto e daquilo.
- Ah, essa dá muito bom a todos. Já sabe que também não vai ter muito bom, mas não está para se chatear com ninguém e dá sempre muito bom a todos, até porque vai pedir a reforma antecipada...
- Então escolho essa, que me dá muito bom.
- Não podes, ou melhor, podes. Para a avaliação deste ano já não a podes escolher, para a próxima já podes, se ela não se reformar entretanto...
- E a terceira hipótese?
- A terceira hipótese é a coordenadora disto e daquilo, mas essa não pode dar muito bom a ninguém, mesmo que queira, porque a lei não lhe permite.
- E se eu quiser ter excelente?
- Se tu quiseres ter excelente, tens de pedir uma avaliação especial com condições especiais, aí podes ter ou não excelente, também podes ter muito bom ou bom, mas pedir excelente ou mesmo muito bom é considerado arrogância e falta de modéstia. Essas notas são para quem precisa delas para progredir na carreira e tu não precisas.
- Então que faço?
- A ti, não te interessa nada teres muito bom. Basta teres bom para progredires na carreira e ganhares mais, se e quando houver progressões. O melhor é fazeres um relatório em que exprimas grande modéstia. Não te gabes.
- Mas todas essas que me podem avaliar têm menos habilitações e menos experiência que eu...
- Isso não conta, quer dizer, já contou, mas depois, enfim, esquece.
- Ah!

Bom, muito bom, excelente? Não deveriam ser notas para quem as merecer? Independentemente de ser ou não modesto? A modéstia é fácil para quem não vale grande coisa... Chamam a isto avaliação?

(N.B: Este diálogo é a transcrição de uma conversa real entre duas professoras, havida hoje.)

quarta-feira, julho 03, 2013

SOMOS UM PAÍS DE VIDEIRINHOS, SEM ÉTICA E SEM ESTILO.


A PALHAÇADA QUE TEMOS É A TRAGÉDIA QUE MERECEMOS.


Afinal, basta cuspir-lhes em cima

O motivo próximo para a demissão de Gaspar foi terem-lhe cuspido, num supermercado onde foi com a mulher.

Então, fizemos tantas greves gerais, tantas manifestações, tantas lutas que não tiveram qualquer efeito e bastou que cinco ou seis pessoas tentassem cuspir no Gaspar para que se demitisse e caísse o governo?

Esta gente costuma ser recebida com grande respeito, pompa e circunstância, com aqueles carrões pagos por nós a dar um ar de importância... o povinho facilmente se desbarreta perante símbolos do poder ou de dinheiro. Mas é por pensar que pode ganhar alguma coisa com isso.

Sempre disseram que Gaspar não tem a noção da realidade. Nem ele, nem os outros políticos.

O Soares avisou, chamaram-lhe senil. Mostrando grande respeito por um político  a sério..

VER AQUI

Faz-me lembrar o livro J'irai cracher sur vos tombes , romance policial de Boris Vian, publicado, como os outros policiais, sob o seu pseudónimo Vernon Sullivan. Também em filme.


terça-feira, julho 02, 2013

Governo cai de Maduro, baixou a Crista, etc.

Demissão de Vítor Gaspar, o astrólogo.

Escolha de Miss Swap.

Demissão de Paulo Portas.

PGR arquiva inquérito contra Sousa Tavares por chamar "palhaço" a Cavaco
E agora, Cavaco, Portas, Swaps, Coelhos e Maduros e Cristas???

(Prossegue apalhaçada, com o governo e o presidente a darem posse a Miss Swaps.)

VER AQUI

segunda-feira, julho 01, 2013

Miss Swaps Inks

Numa clara cedência às inúmeras contestações contra o regime, o governo português substitui Gaspar, o astrólogo das previsões furadas, por Miss Swaps, a Troca Tintas - Miss Swaps Inks (stinks).

VER AQUI para crer.
E AQUI

A propósito, também seria de Vítor Gaspar a previsão de que não íamos ter verão, este ano?

Ainda os exames de Português do 12º ano e a LITERATURA

Já aqui foi partilhado um interessante artigo de António Guerreiro sobre o assunto, publicado no Expresso, no ano passado. Aqui temos outro, do mesmo autor.

Ainda a respeito da escolha de Pessoa para análise dos textos de exame, coloco aqui citação de uma entrevista de Teresa Rita Lopes, especialista pessoana, sobre o contributo que isso pode dar para a valorização do autor. Dependendo... 

 "Nas escolas, as vezes limita-se a vacinar as pessoas contra aquele autor [Pessoa]. Estudar um poema não é resumir em prosa. A poesia sempre foi mal dada nas escolas. Só pode gostar de poesia quem tem o hábito e o convívio com poesia, o que a escola não dá. Há sempre poucas pessoas a gostar de arte em geral e de literatura em particular." [sic].

Sim, o que os últimos exames têm feito, seguramente, é vacinar os alunos contra Fernando Pessoa. No caso de ainda não terem sido vacinados...

Vejamos, então, o que diz António Gurreiro no seu texto A Teologia dos Exames, publicado na revista Ípsilon, do Público.


Caso para dizer: é a literatura, estúpido!

(Para ver mais, clicar no link abaixo: aparecerão todos os posts sobre o assunto, a seguir a este)