quarta-feira, dezembro 31, 2014

FELIZ 2015




Aos amigos, leitores e visitantes deste blogue, desejo um ano cheio de alegria. A alegria é quanto basta para que o ano seja bem vivido e memorável. 

segunda-feira, dezembro 29, 2014

Esta é a vergonha do país que temos

Esta é a vergonha do país que temos: senão, vejam os títulos das notícias e sigam os links. Não são contraditórios?


Pobreza: Portugal vai demorar «muitos anos» até reparar danos do actual Governo




Os amigos de José Sócrates

Se nós descobrirmos que alguém nos anda a roubar, a todos, continuamos a ser amigos dessa pessoa? E somos criticados se não a formos ver à cadeia, carregados de presentes?

Esta gente não tem vergonha na cara.

É obrigação dos políticos proteger o bem comum dos predadores, que vivem à grande e à francesa à custa da miséria do povo.

E não protegerem-se uns aos outros contra o bem comum.

terça-feira, dezembro 23, 2014

Feliz Natal para aos amigos, seguidores e visitantes deste blogue.

Feliz Natal, com alegrias novas e modernas, com alegrias antigas e com alegrias antiquíssimas.
Que vêm da partilha, do estar com os outros, do espírito natalício.



domingo, dezembro 21, 2014

Presepinhos









Os presépios são a única representação "artística", enfim, imagética,  em que aparece sempre o povo, as diferentes e variadas personagens do povo de cada região, em termos de diferentes profissões.

Embora todos devessem restringir-se à Belém do Século I, teoricamente, a verdade é que cada presépio representa as figuras da região.

Para dar um exemplo, presépios portugueses não muito antigos apresentam pastores vestidos com palhoças, ou seja, capas de palha que se usavam há umas décadas no Norte de Portugal, no Inverno.

Estes presépios, retirados da Internet, mostram bem isso: o segundo, inglês, apresenta tipos físicos ingleses, o primeiro, francês, apresenta tipos físicos do povo francês, bem como trajos regionais daquele país.


A primeira foto está NESTE SITE, onde se diz:

"En pratique, la crèche, qu'elle soit provençale, génoise ou napolitaine, sert essentiellement à mettre en scène tout ce petit peuple dépourvu d'image dans l'art officiel. "

A segunda foto está no Facebook, AQUI

Língua Portuguesa






Muitos temem que a língua portuguesa deixe de existir por causa do acordo ortográfico.
Pena que a nossa língua seja tão resistente, ao ponto de aguentar o contacto com outras muitas línguas e civilizações, de aguentar o analfabetismo dessas civilizações incluindo a nossa, de aguentar a palermice ou talvez o oportunismo dos que assim a julgar à beira do abismo, só por causa do acordo ortográfico. E isto durante, pelo menos, 800 anos!

Ficam aqui algumas fotos com palavras muito engraçadas criadas como corruptelas dos nossos imigrantes chineses. Palavras muito engraçadas, que só vêm enriquecê-la, sem o menor receio de a destruírem.

Queridos, vocês não podem acreditar numa língua, originária de perto de um milhão de pessoas, que é hoje falada por 200 milhões, enriquecida por todos os contributos desses falantes de além e de aquém mar? 


Legendas das fotos: 



Ceborinha - toda a gente entende que é cebolinho, o único problema é o que está por cima não corresponder.

Rrabenete, ou mesmo RRabeneta - claro, rabanete. Pergunta: porquê os dois rrs?

Cebola beiqueno - cebola pequena. 


A resposta a esta pergunta deve ser gira.

sábado, dezembro 20, 2014

Advogado ou cúmplice? Bem, o réu fez as leis...



O melhor advogado é o maior aldrabão ou é alguém que escolheu a profissão com o sonho de fazer justiça? Esta do Badajoz!!!!!!!!!!! Advogado engraçado, mas do mais vígaro que pode haver.

Cenas dos próximos capítulos: advogado aldrabão constituído arguido. Basta ver os seus olhos...


Cenas dos próximos capítulos, muito mais para a frente: Sócrates, advogado engraçado e outros apaniguados considerados inocentes, porque o processo prescreveu.

Pergunta: porque é que o processo Prescreveu? 

Resposta: Porque foi o réu que fez todas as mais recentes leis.



Ver aqui, entrevista posterior



sexta-feira, dezembro 19, 2014

Presépio da Basílica da Estrela II















Já existe neste blogue uma reportagem sobre o presépio da Basílica da Estrela, que tem tido muita procura, mas estes dois novos posts têm fotos melhores.

Para ver tudo, clicar nas tags abaixo, onde diz "Presépio da Estrela".

Presépio da autoria de Machado de Castro.

Para o aspeto História de Arte, VER AQUI


Presépio da Basílica da Estrela I












Já existe neste blogue uma reportagem sobre o presépio da Basílica da Estrela, que tem tido muita procura, mas estes dois novos posts têm fotos melhores.

Para ver tudo, clicar nas tags abaixo, onde diz "Presépio da Estrela".

Presépio da autoria de Machado de Castro.

Para o aspeto de História de Arte, VER AQUI


sábado, dezembro 13, 2014

“Não há fumo sem fogo”? Haver, há

Nuna acreditei no ditado: “Não há fumo sem fogo”. 

Mas acredito na frase: não há cadáveres carbonizados sem fogo.

Quero dizer, com isto, que não pode haver dezenas de suspeitas e milhares de vítimas, sem que alguém tenha cometido inúmeros crimes.

Vem isto a propósito de mais esta notícia



Sócrates suspeito de ter entrado no negócio dos direitos televisivos do futebol




Quem fez estas leis não deveria estar na cadeia? Sim, claro, mas, se calhar, está.

A Nadinha tem tido pouco tempo e nesta semana destaca esta impressionaste notícia do Jornal Expresso:


Impressionante porquê, perguntarão vocêzes. Resposta: por duas razões. 

1ª - Porque esta notícia não é notícia, muito pelo contrário, pois todos os professores estão carecas de saber que houve grande corrupção nas obras do Parque Escolar e nem vale a pena apontar 2754 exemplos.


2ª - Porque nos é indicado que,  por uma fraude de 500 milhões de Euros, os arguidos vão ter uma multa de 7500 Euros. 

Quem fez estas leis?



Quem fez estas leis não deveria estar na cadeia? Sim, claro, mas, se calhar, está.

É pena que esta gente se tenha enchido de dinheiro com o dinheiro destinado à educação. Quando o prémio Nobel da Paz, Malala, se lamenta de falta de verbas, no planeta.

Se temos dinheiro a mais para a Educação, então exportemos para os países mais pobres.

Porque, com a globalização iniciada pelos portugueses por volta de 1500, o Planeta é a Nossa Casa.




segunda-feira, dezembro 08, 2014

Cante alentejano, património da humanidade

Renascença V+Ver todos os videos
Cante alentejano. O vídeo que ajudou a convencer a Unesco
Património Imaterial da Humanidade

Rádio RenasceçaMais informação sobre este video

Gosto muito de certas áreas do Cante Alentejano. Se pensarmos que foram criadas pelo povo anónimo, só podemos orgulhar-nos do nosso povo anónimo, ou melhor, do povo do alentejo, que, por participar nas colheitas e outros trabalhos coletivos, funcionava como grupo ou em uníssono.

Só imagino que tudo isto terá tido um criador, ou alguns poucos criadores.

Gosto desta, por exemplo, entre muitas, aqui cantada por António Azambujo.

Já agora, podemos cantar como se fosse Karaoke, pois tem a letra.






domingo, dezembro 07, 2014

Bom, amanhã é feriado

K bom, amanhã é feriado, porque é dia de não sei quê. 

Julgo ser um feriado religioso católico numa república laica, em que os católicos deveriam ter, teoricamente, a mesma importância dos outros religiosos. Mas enfim...

Não confundir com o dia da República nem com o dia "Da Instauração de Não Sei O Quê", etc...

- Então amanhã é feriado do quê?
- Sei lá!

Enfim, o importante é que amanhã podemos ficar na cama toda a manhã.. 

Boas notícias para as mulheres muçulmanas

 




(Fotos retiradas do site seguidamente referido)
Um clérigo da Arábia Saudita acaba de proclamar que as mulheres muçulmanas não são obrigadas a usar véu, só as mulheres do profeta Maomé, na sua opinião, seriam a isso obrigadas.

Também considera que as mulheres podem usar Makeup e mesmo tirar fotos suas e colocá-las nas redes sociais.

Grande avanço, dado que tudo isto é considerado proibido pela religião muçulmana. Em diferentes graus e em diferentes países, as penas para as mulheres que não cumprem os preceitos do Alcorão podem ir desde chicotadas, perpetradas pelas autoridades, passando pela violência doméstica consentida (castigos autorizados, dados pelo marido) até à morte por apedrejamento, também designada por lapidação.

Como nos pediu Aung San Suu Kyi, líder política da Birmânia e prémio Nobel da Paz, durante os seu longos anos de cativeiro:

"Usa a tua liberdade para conseguir a nossa"
"Use your freedom to promote ours"

Ver Site das feministas Muçulmanas "Muslim Feminists" no Facebook





sábado, dezembro 06, 2014

- Pernas, para que te quero?

- Pernas, para que te quero?
- Para quando lhe apetece tomar algo. Senhor. De bom.

(Frases originais da Nadinha).

sexta-feira, dezembro 05, 2014

A questão é: o ladrão é do PS, do PSD, ou do CDS?

Vivalma não acredita na inocência de José Sócrates e apaniguados. 
A questão é: o ladrão é do PS, do PSD, ou do CDS?
Porque não confundamos esta gente!


Não tenho nada de pessoal contra estas criaturas: nada mais do que tenho contra os delinquentes e criminosos, ou mesmo contra o ISIS.

Mas o caso não é pessoal.


Estas criaturas são forças da destruição. 

Nunca ficará pedra sobre pedra, se estas criaturas não forem eliminadas para sempre do sistema político.

Sim, José Sócrates roubou muito dinheiro ao povo português. Mas tudo bem

Enquanto os cidadão se mostram indignados por terem sido burlados e depauperados pelo cidadão Sócrates, outros, ingenuamente (ou antes pelo contrário), não entendem esta atitude. 

Aparentemente, o diferendo deriva apenas da filiação política, sendo que as pessoas da área do PS afirmam que Sócrates roubou o país, sim, mas não foi o único. 

Todos sabemos que não foi o único, mas não sabemos, nem podemos saber, se roubou mais ou menos, ou na mesma proporção dos outros. Mas que nos importa isso? 

Estes argumentos só provam que não foram só os políticos do topo, neste caso do PS, a comer da gamela (a gamela dos porcos) e sim muitos pequenos apaniguados que também levaram uma mais pequena ou mesmo pequeníssima parte da ração. 

Tudo isto nos envergonha. Muito.


Ninguém que seja vagamente perspicaz acredita que Sócrates está inocente. O PS está a ser vergonhoso: ou são patetas, ingênuos, o que seria grave, ou estão feitos com a criatura, o que é igualmente grave.



quarta-feira, dezembro 03, 2014

Mísia: "Chanson d' Hélène"




Às vezes parece uma jovem, outras vezes mostra, desoculta, os sinais da passagem do tempo que ficam na pele. E talvez mais bonita agora do que há 20 anos, com uma beleza também interior.

 Não, não é uma jovem. É uma mulher vivida e culta, que muito aprendeu com a passagem do tempo.

Vemos aqui o vídeo "Chanson d' Hélène", cantado em parceria com Iggy Pop

Já nem se pode ser ateu


O Papa Francisco convidou líderes religiosos de todo o mundo para se unirem contra a escravatura, o casamento forçado, etc. Algo de bom há-de sair daqui.

Ver mais Aqui:

Faith leaders from all over the world gather to help eradicate modern slavery

As pessoas de esquerda, habituadas a serem ateias, mais por reação contra o catolicismo do que por verdadeira falta de fé, ou melhor, pela falta de fé na humanidade que os erros da religião católica deixaram nas almas, vêem-se agora no dilema de detestarem o Vaticano, a Religião Católica que sempre criticaram e de gostarem imenso do Xiquito.

Ainda não se trata de voltar a crer, e o Papa talvez não viva o tempo suficiente para reanimar a fé, perdida há muito tempo.





domingo, novembro 30, 2014

Exposição da Coleção Franco Maria Ricci no Museu Nacional de Arte Antiga








Franco Maria Ricci, editor da revistas de Arte e Ciência FMR, grande colecionador de arte, mandou fazer o maior labirinto do mundo, uma floresta de bambu em Itália, perto de Parma.

No interior do labirinto haver um palácio, no qual serão expostas as 400 obras da sua coleção, que abrange várias épocas da história da arte, escolhidas de acordo com o seu gosto pessoal.

A atual equipa do Museu Nacional de Arte Antiga conseguiu convencê-lo a expor cem dessas obras em Lisboa, antes da transferência para o labirinto, em Abril.

Ricci afirma que fez esta coleção como um protesto contra a falta de beleza do mundo atual.
Ficam aqui algumas fotos, retiradas das páginas do museu e da net.
Terceira imagem: Papa Clemente X, de Bernini.


VER MAIS AQUI


Que Deus é este, que não nos deixa desistir de o procurar?

A imagem da religião católica está a mudar radicalmente, com o Papa Francisco. Até aqui era algo de indesejável, algo que despertava o nosso repúdio.


Mas ainda não acredito que Deus possa ser uma coisa tão simples e prosaica, tão parecido com o homem macho / diferente do homem fêmea, homem o sentido geral de humano, coisa que não existe na religião muçulmana nem na cristã até há pouco tempo.



Que Deus é este, que não nos deixa desistir de o procurar?



A imagem da religião católica está a mudar radicalmente, com o Papa Francisco. Até aqui era algo de indesejável, algo que despertava repúdio, algo que nos fazia lembrar da Inquisição.



Algo que nos fazia lembrar da confissão mal cheirosa (sempre que me confessei, ou seja, até aos 15 ou 17 anos, o padre tinha sempre mau hálito) ... Então, o ato da minha confissão era indissociável do cheiro nojento e pestilento da boca do padre. Físico, claro. Não augurando nada de bom nem pressagiando o cheiro da Santidade.



Esta é a minha experiência de ter estado ajoelhada num confessionário, em criança é jovem adolescente, com os joelhos a doerem sem fazer a mais vaga ideia de quais os pecados que deveria confessar. Porque nunca tinha cometido nenhum.

Mas se inventasse pecados, estaria a cometer um grande pecado, a mentira é se me confessasse inocente, estaria a cometer o pecado do orgulho.

Venha o Diabo e escolha

Em Portugal, em Espanha, na Europa, compreender os ventos da mudança, impulsionados pelos ventos imundos e pestilentos da corrupção


Vientos de cambio.
Vivimos momentos de cambio e incertidumbre. Pocos se atreven a hacer pronósticos sobre cómo va a ser nuestro país no ya en 10 años, sino en tan sólo 12 meses. Lo que nadie pone en duda es que nos encontramos en un momento histórico, que estamos abocados a un cambio de ciclo. La temperatura social ha llegado al punto de ebullición; el hartazgo ciudadano está a punto de hacer saltar por los aires el sistema tal y como lo hemos conocido en los últimos 36 años. Algunos hitos parecen confirmar que estamos a punto de pasar una página de nuestra historia. En marzo murió Adolfo Suárez y en junio abdicó el Rey Juan Carlos I, los dos protagonistas de la Transición.
Alfredo Pérez Rubalcaba decidió en verano abandonar la política; Cayo Lara anunció este mes de noviembre que ya no será el cabeza de lista de IU. Hasta Cándido Méndez dice que se va. Han desaparecido personas tan relevantes en nuestra vida económica como Emilio Botín o Isidoro Álvarez.. Incluso algunos de los grandes periódicos han cambiado de director.
Si estuviera entre nosotros Federico Engels no dudaría en afirmar que estamos ante una acumulación de cambios cuantitativos que nos llevan inexorablemente a un cambio cualitativo en España. Sí, hay momentos en que la manecilla de la historia cambia de época. Quien no quiera ver que atravesamos el umbral de una gran transformación es que o no quiere ver la realidad o bien pretende mantener el statu quo. Los que no se adapten al cambio, serán arrollados por su empuje.
2º La crisis económica y la corrupción.
Sin apenas habernos dado cuenta -aquí todos tenemos que entonar un mea culpa- en menos de un año, un partido nuevo, con viejas recetas, ha logrado hacer tambalear el sistema. La última encuesta publicada por EL MUNDO da a Podemos el liderazgo político, con casi un tercio de los votos, por encima del PP y del PSOE, que juntos no suman ni el 50% del electorado.
A esto hemos llegado después de seis años de durísima crisis económica, que elevó la tasa del paro por encima del 26% y que ha condenado a una generación de jóvenes a la emigración o al subempleo, por no hablar de los desempleados de más de 50 años, cuyas esperanzas de encontrar trabajo son prácticamente nulas.
Los ajustes, necesarios para reducir el déficit público, se han repartido mal. Los ciudadanos tienen la sensación de que han pagado los de siempre. En el sector privado, muchas empresas han hecho recortes y han bajado salarios mientras sus altos ejecutivos cobraban multimillonarias indemnizaciones escudándose en sus contratos blindados.


Ler mais aqui: http://www.elmundo.es/opinion/2014/11/29/547a27e8e2704e661e8b4592.html


AEste é um artigo de opinião publicado no Jornal El Mundo em 30 / 11, autor CASIMIRO GARCÍA-ABADILLO


O autor e a fonte do artigo encontram-se no link.


sexta-feira, novembro 28, 2014

Abram as cadeias! Soltem todos os prisioneiros!


Um argumento utilizado para defender Sócrates é que outros roubaram muito mais do que ele, que "só roubou 20 milhões". Entenda-se que os outros são do PSD ou do CDS.
Com este maravilhosos argumento, só podemos dizer:

- Abram as cadeias! Soltem todos os prisioneiros!

Algum homem está preso porque roubou umas carteiras na rua? Umas carteiras que, com a crise, só tinham recortes de jornal sobre o prisioneiro 44? Como é isto possível, se um tipo do partido X (não o PS, claro) é acusado de ter roubado 80 milhões de Euros?

Um assaltante matou algumas pessoas para roubar casas ou bancos? Coitadinho, só conseguiu roubar umas dezenas ou centenas de milhares de Euros. Não só deve ser posto em liberdade,  imediatamente, como deve ser indemnizado por terem manchado a sua reputação. 

Matar duas ou três pessoas o que é, comparado com destruir um país? Com condenar à pobreza uma geração (a mais jovem) e condenar à miséria outra geração (a mais velha)? Com condenar à morte os doentes, não só os pobres mas os não milionários, por não haver verbas para tratamentos caros?

Mas que país é este, em que a moral depende dos partidos?
Mas que país é este, em que o raciocínio lógico deixa de ser lógico e passa a ser birrento ao sabor da vontade de cada um, em que o raciocínio lógico deixa de ser lógico e passa a depender das conclusões? 

Primeiro a conclusão, depois o raciocínio para lá chegar.



quarta-feira, novembro 26, 2014

Ó Luís, estou bem assim?



No momento em que anuncia ao pedido de ajuda externa à Troika, que deixou Portugal muito mais pobre, Sócrates está muitíssimo preocupado com uma coisa:

A sua aparência física.


Movimento Revolução Branca

"Há cerca de um mês deu entrada no DIAP do Porto uma queixa por Traição à Pátria. Os visados são detentores de cargos públicos dos últimos 15 anos."

"O Movimento Revolução Branca, que visa Consciencializar, Mudar e Servir, apresentou uma queixa no DIAP do Porto dia 11/07/2012. Nessa queixa, acusam os titulares de cargos públicos pelo crime de traição à pátria.
Na sua apresentação, fazem duras críticas à actividade política nacional, dizendo claramente que “a classe política não tem sabido corresponder minimamente àquilo que os Cidadãos Portugueses lhe têm oferecido, muito pelo contrário, tem procurado, de forma insistente, justificar a regressão económica e social do nosso país, através dos mais diversos bodes expiatórios:”. Afirmam ainda que “aqueles que hoje nos governam e que proclamam, em alta voz, a necessidade de assumirmos um elevado sentido patriótico e de sacrifício, foram os mesmos que, durante estas duas últimas décadas, alternaram entre governo e oposição, desempenharam cargos de relevo, beneficiando das relações sombrias entre os interesses privados e o Estado, viveram do sistema partidário, ou à sombra dele, não se lhes conhecendo nenhuma atitude de revolta, dentro ou fora dos seus partidos, para alterarem a situação e acordarem os restantes milhões de portugueses deste sono profundo”.

terça-feira, novembro 25, 2014

O preso 44

Os outros países acham que os portugueses estão a ajustar contas internas com quem os meteu à beira do abismo e da humilhação: o preso 44.

Não temos de ter medo dessa opinião e sim da opinião que tinham antes.

Políticos e comentadores políticos tentam meter medo ao Zé Povinho,defendendo o preso 44

Políticos e comentadores políticos, que muitas vezes são as mesmas pessoas, agarram-se com unhas e dentes ao seu anterior estatuto de completa impunidade, defendendo o colega 44.

Para isso metem medo ao Zé Povinho, pau para toda a obra. E o Zé povinho tem medo do papão:
A JUSTIÇA

segunda-feira, novembro 24, 2014

O Fim do Regime

Estamos mesmo no fim de um regime, ou seja, na decadência absoluta.
Apesar das prisões de políticos importantes e de banqueiros, a Assembleia da República aprova leis que nenhum português decente pode aceitar.

Por exemplo, privilégios especiais para os políticos, como as subvenções vitalícias.

Por exemplo,

Maioria rejeita pedido para que Fisco não penhore habitações


Ou seja, determina o Parlamento: pobres que vão viver para a rua, neste próximo inverno.
Mas não os pobres dos políticos.

Isto merece uma nova revolução!

Sonhamos muito com este dia

Sonhei muito com este dia.

O dia em que o meus país ia finalmente ver na cadeia os políticos que o roubaram 'à grande e à francesa', 

O dia em que não diremos mais que os chamados 'grandes' ou chamados 'tubarões' são ininputáveis. Que todos os crimes dos políticos prescrevem, porque são eles que fazem as leis.


E agora rio às gargalhadas.

Sempre soube e sempre o disse neste blogue, que ia ver o Sócrates atrás das grades.

domingo, novembro 23, 2014

Justiça forense versus justiça política. Conclusão: justiça popular?



Num caso como o de José Sócrates, dificilmente podemos distinguir a justiça criminal, forense, da justiça política.

Esta última aproxima-se perigosamente da justiça popular, que justiçou alguns políticos, como Mussolini.

Depois de ter deixado o país à beira da bancarrota e inúmeras pessoas na miséria, quase todas ganhando menos e sendo obrigadas a trabalhar muitos mais anos antes de atingirem a reforma, José Sócrates decide ir viver para Paris, à grande e à francesa, apesar de afirmar que não tem dinheiro nenhum.

Isto não é atitude que alguém possa identificar com políticos de Esquerda. Nem de direita, quanto mais de esquerda.

Esta atitude é demasiado semelhante à que esperamos de um Capo da Máfia napolitana. Aliás, na luxuosa casa de Paris, esta criatura é vizinha do melhor e do pior da sociedade mundial, em termos sociais. Por exemplo, de traficantes e mafiosos bem sucedidos. Vizinha e provavelmente amiga, dada a semelhança de mentalidade e de moral.

A justiça que esperamos poderá decorrer das leis que foram feitas por este mesmo indivíduo? 
A ser condenado a prisão, não será como preso político e sim como prisioneiro de delito comum.

O mundo inteiro noticiou a prisão de José Sócrates. Cabe-nos a nós reagir de maneira a que o mundo inteiro não julgue que merecemos estes políticos.

sábado, novembro 22, 2014

Ambrósio, apetecia-me tomar algo!

De bom!
- Sim, senhor engenheiro, senhor ministro, senhor primeiro ministro José Sócrates! 
Tomei a liberdade de pensar nisso!


Antigamente eram as marquesas que, alegadamente, mantinham relações promíscuas com o motorista. Mas agora...

Motorista de José Sócrates também foi detido para averiguações.


Por que razão José Sócrates sempre foi considerado execrável por muitos esquerdistas?



Perguntaram-me outro dia, no estrangeiro, por que razão há pessoas que ficam com urticária quando ouvem falar de José Sócrates. Tive dificuldade em responder, para não parecer um caso psicológico, eu também.

E no entanto é fácil. Sobretudo agora.

A esquerda tem certos princípios que não podem ser negociados. Um deles é a igualdade.
Igualdade relativa? Convenhamos que sim.

Mas que não justifica alguém, que foi quase símbolo da esquerda durante anos, roubar o país para viver à grande e à francesa no estrangeiro.

Como pode ser possível conciliar uma coisa com a outra, mesmo se não houvesse ilícito penal? 

Viver num bairro de Paris onde vivem os príncipes árabes e os traficantes escusos, depois de ter deixado o país na miséria, isto é de político no verdadeiro sentido da palavra e ainda por cima de esquerda, seja qual for a interpretação da palavra esquerda?

Aguardo foto para colocar neste post, pois as que existem são muito institucionais.

Este blogue tem inúmeros posts contra a política de José Sócrates e a afirmação reiterada de que um dia seria preso. Não tanto por acreditar na justiça, mas por ser impossível "esconder o sol com uma peneira", como diz a expressão popular.

Champanhe!!!

Então o Sócrates já foi preso?
Até que enfim!

sexta-feira, novembro 21, 2014

Longa metragem Os Tomates do Padre Inácio








Pouco sei dizer sobre esta longa metragem, estreada recentemente em Coimbra, de que aqui apresento o trailer.

A não ser que é de morrer a rir e que espero, venha a tornar-se vital e a ser um must do cinema português, ou, pelo menos, do humor português.

Quanto ao título, tenho reminiscências de ouvir algo no género, mamão me lembro a que propósito.

quarta-feira, novembro 19, 2014

Vamos todos a Fátima e em pé, claro!

Eu disse aqui várias vezes que vou a Fátima em pé se o Sócrates for preso. Não estará o tipo metido nesta dos vistos Gold? Se não está nesta, há-de estar noutra qualquer que falta descobrir.
Eu não disse que ia a pé!!! Eu disse em pé. No comboio, claro!


Se o Passos Coelho e o Portas forem presos, ou vou em pé, mas só até Cascais. No comboio, claro.
Ou ao Estoril, apostar no casino, já que estamos (todos, nós os portugueses e também eu) com muita sorte. Em pé e no comboio, claro. 

VER TAMBÉM:


Altos dirigentes do Estado em prisão preventiva no caso dos vistos gold

Do Riso e da alegria de viver ou o Portugal cosmopolita


"Rir junto é melhor que falar a mesma língua.
Ou talvez o riso seja uma língua anterior que fomos perdendo à medida que o mundo foi deixando de ser nosso.” 

Mia Couto

Acabo de ver isso mesmo numa loja de fruta e verdura chinesa, em que o Tchan, dono da loja e uma rapariga fazem rir todo o mundo sem percebermos nada do que dizem, porque a alegria é universal e contagiosa. 

São pessoas vivíssimas.

E ainda oferecem ervas aromáticas.

(Todos se surpreendem: nunca tínhamos visto, nesta nossa terra, chineses engraçados, simpáticos e alegres!)

Portugal está a ficar cosmopolita, apesar dos pesares.

domingo, novembro 16, 2014

As Estrelas da Advocacia, em Portugal, são os advogados que colocam as suas altas capacidades ao serviço da corrupção?


Não é suposto os advogados terem sentido ético? Ou basta ocultar a verdade para se ser um famoso justiceiro?

LER AQUI ABAIXO


Estrelas da advocacia defendem altos quadros do Estado suspeitos de corrupção nos vistos gold

Al Capone


O Expresso oferece uns pequenos livros com entrevistas a figuras históricas, entre eles o Al Capone, realizada em 1934.

Ficamos com  impressão de que o Al Capone vive atualmente em Lisboa e se refere à corrupção em Portugal.


Al Capone foi um conhecido e muito admirado chefe da Máfia de Chicago, com ligações à Mafia Siciliana.

E quem é, em Portugal, o chefe da Máfia? Dos Vistos Gold, do Banco Espírito Santo, Etc.?

sábado, novembro 15, 2014

Conhece estes bonitinhos? Ver soluções



O quadro representa as pessoas que mudaram o curso da história. São 103, mas a inclusão de muitas delas é altamente discutível.

Já viu? Conseguiu identificar algum? Todos? Então agora veja as soluções :)


AQUI : É só passar o rato por cima e ver o nome. Clicando no nome, vai dar À Wikipedia.


VER também no Daily Telegraph



Obra criada pelos anteriormente pouco conhecidos artistas, chineses e de Taiwan, que nos dão a sua visão do mundo (são os 3 do lado direito, ao cimo, vestidos com roupas atuais, daí serem 103). 
Autores e pintura:

Dudu, Li Tiezi,  Zhang An.
Pintura a óleo: Discussing the Divine Comedy with Dante – 2006, 

quarta-feira, novembro 05, 2014

Por favor, posso dar a minha opinião?




Eu acho que os Russos vieram vender os navios que iam para a sucata, como novos, ao Paulo Portas.
Antes que ele saia do governo.

E também vão trazer os aviões velhos, os submarinos velhos, metralhadoras velhas, tanques velhos (não dos de lavar roupa) e também tanques velhos de lavar roupa. E máquinas de costuras velhas e assim...

A ver se a gente compra tudo. Eles também estão um bocado atrapalhados com o dinheiro...

Ver aqui:

Navio hidrográfico russo detetado na Zona Económica Exclusiva portuguesa



quarta-feira, outubro 29, 2014

Antes quebrar que torcer. Antes abraçar que desistir






Aprendamos a mensagem que esta árvore nos ensina. Abraçando a paisagem, talvez amando o mundo que abarca com os seus ramos, de pé, ainda que fendida pelo meio, transformada em duas.


Quantas vezes não evitámos abraçar os outros, o mundo, no receio de sermos fendidos em duas, em dois?

Ao contrário desta árvore, cujos ramos se abrem e fecham, sistólicos, partidos, em forma de coração.


domingo, outubro 26, 2014

Devemos aceitar as outras culturas? É ridículo ser feminista?




Até ao Sec XXI, sempre tive a impressão de viver num mundo atrasado. Quando me apetecia ir sozinha a qualquer lugar, sobretudo à noite, parecia estar a fazer algo de muito estranho. 
Respondiam-me:

- Mas pensas que em Nova Iorque ou Londres é diferente? 

- Eu não tenho a impressão de viver num país atrasado, e sim num mundo atrasado! Nova Iorque, Londres, (Paris - incluo Paris?) são lugares atrasados, em que uma mulher não pode fazer o que lhe apetece. Onde as mulheres ficam em casa, talvez a chorar, porque estão a perder a vida. Onde as mulheres casam porque é convencional fazer isso, sem perceberem que pode ser também uma maneira de perder a vida.

- Que vos parece esta notícia?

Nestes países, se a mulher é violada, pode ser morta pela família, pois é uma desonra para a família.
Devemos aceitar estas "culturas"? Não deveríamos fazer algo mais?


Aceitar as outras culturas e ser feminista? E de esquerda? 

Não nos parece tudo isto demasiado inconciliável? 

sábado, outubro 25, 2014

Janela do convento de Cristo















Nos últimos posts apenas coloquei fotografias, pois estava muito fatigada da viagem.



E agora vou dizer, muito direitinho, o que aprendi em Tomar.

Que o Rei D. Manuel se considerava um predestinado, profetizado pela Bíblia, nesta passagem do Profeta Isaías:


Então ele disse: Ouvi agora, ó casa de Davi: Pouco vos é afadigardes os homens, senão que também afadigareis ao meu Deus?

Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.
Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem.
Na verdade, antes que este menino saiba rejeitar o mal e escolher o bem, a terra, de que te enfadas, será desamparada dos seus dois reis.
¶ Porém o Senhor fará vir sobre ti, e sobre o teu povo, e sobre a casa de teu pai, pelo rei da Assíria, dias tais, quais nunca vieram, desde o dia em que Efraim se separou de Judá.


E por esse motivo, a simbologia das cordas como sendo uma homenagem aos descobrimentos, como tem sido interpretada, pode ser reinterpretada de outras maneiras, tal como muitos outros elementos simbólicos que lá se encontram e não têm sido referidos.


Assim, o rei faria a ligação entre os elementos e entre o Céu e a Terra. Como acontece com as raízes de carvalho, do lado direito da janela, inteiras, do lado esquerdo cortadas.



Ou a Árvore de Jessé, por baixo da janela.



(Não pretendo aqui falar uma análise desta obra, apenas transmitir algumas "dicas" que ouvi e que retive da visita guiada por um historiador de Arte, Dr. Miguel Soromenho. Para mais detalhes, pesquisar.)